Esquerda uruguaia avança na disputa presidencial, diz pesquisa

MONTEVIDÉU (Reuters) - O senador e ex-guerrilheiro esquerdista José Mujica ampliou sua liderança para as eleições presidenciais de 25 de outubro no Uruguai, mas sem a margem necessária para vencer a disputa no primeiro turno, segundo uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira. A Frente Ampla, de Mujica, aparece com 45 por cento dos votos, contra 32 por cento para o Partido Nacional, do ex-presidente centro-direitista Luis Lacalle, e 11 por cento do também direitista Partido Colorado, segundo a pesquisa da consultoria Interconsult.

Reuters |

Na pesquisa do mês anterior do mesmo instituto, a Frente Ampla, que hoje governa o país sob a liderança de Tabaré Vázquez, tinha 44 por cento, contra 45 do Partido Nacional.

Se nenhum partido obtiver mais de metade dos votos em 25 de outubro, haverá um segundo turno em 29 de novembro.

A pesquisa domiciliar ouviu 900 eleitores entre 12 e 14 de setembro.

Em um eventual segundo turno, o eleitorado do Partido Colorado tende a apoiar Lacalle, o que deixaria a disputa muito apertada.

(Reportagem de Patricia Avila)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG