Esposa visita vencedor do Nobel da Paz em prisão

Poetisa Liu Xia, mulher do dissidente chinês Liu Xiaobo, pôde visitar marido neste domingo e contar que ele havia sido vencedor

iG São Paulo |

A mulher do dissidente chinês Liu Xiaobo pôde visitar seu marido neste domingo e dar a notícia de que ele havia sido vencedor do Prêmio Nobel da Paz 2010.

Ao citar a sogra de Liu, o Centro de Informação dos Direitos Humanos e a Democracia, organização com sede em Hong Kong, afirmou em um comunicado que o casal encontrou-se na tarde deste domingo (horário local).

A poetisa e esposa do dissidente Liu Xia estava incomunicável desde a noite de sexta-feira. Segundo contou, policiais estavam em sua casa e aceitaram levá-la à província de Liaoning, no nordeste, onde seu marido está preso, depois de negociar seu silêncio. A esposa do ativista, no entanto, fez declarações a alguns meios de comunicação e enviou um comunicado expressando agradecimento e pedindo liberdade para Liu.

Liu Xiaobo, 54 anos, cumpre pena de 11 anos em regime fechado por ter sido um dos autores da Carta 08, exigindo a democratizaço da China. Ele foi condenado por "subversão do poder do Estado".

Na última sexta-feira, o Prêmio Nobel da Paz 2010 foi atribuído a Liu Xiaobo "por seus esforços continuados e não violentos em prol dos direitos humanos na China", segundo o Comitê Nobel norueguês.

*Com AFP e EFE

    Leia tudo sobre: nobel da pazdissidentechinaoslonoruega

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG