Um cidadão americano naturalizado nascido em Taiwan foi condenado por um tribunal federal nos Estados Unidos a quase 16 anos de prisão por passar segredos militares dos Estados Unidos para a China. Tai Shen Kuo declarou-se culpado de conspirar para passar à China informações secretas especialmente sobre vendas de equipamento militar para Taiwan.

"Eu vou carregar este remorso e culpa pelo resto de minha vida", disse Kuo durante o julgamento.

Registros do tribunal dizem que Kuo recebeu US$ 50 mil de um agente chinês para passar os documentos a Pequim.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.