Especialistas russos estudarão provas sobre afundamento do "Cheonan"

Rússia se mostrou disposta a se unir à resposta internacional contra a Coreia do Norte caso se comprove autoria do ataque

EFE |

Seul - Um grupo de especialistas russos chega hoje a Seul para investigar o afundamento da embarcação sul-coreana "Cheonan", atribuído à Coreia do Norte e que aumentou a tensão na península, informou a agência sul-coreana "Yonhap".

Segundo um porta-voz do Ministério da Defesa sul-coreano, Won Tae-jae, os especialistas russos trabalharão na Coreia do Sul para comparar as conclusões da investigação internacional sobre o afundamento do "Cheonan", que causou 46 mortos em março.

Na semana passada o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, e seu colega russo, Dmitri Medvedev, mantiveram uma conversa por telefone sobre o ataque à embarcação sul-coreana. A Coreia do Sul desenvolve uma intensa atividade diplomática com a intenção de levar o incidente de sua corveta ao Conselho de Segurança das Nações Unidas, onde a Rússia, da mesma forma que a China, tem poder de veto.

A Rússia decidiu na semana passada enviar a Coreia do Sul seus especialistas para revisar os resultados da investigação e se mostrou disposto a se unir à resposta internacional contra a Coreia do Norte se encontrar "informação fidedigna" sobre seu envolvimento no fato.

    Leia tudo sobre: iGcoreia do nortecoreia do sulmundorússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG