Especialistas franceses chegam ao Líbano para colaborar nas buscas por avião

Beirute, 2 fev (EFE).- Especialistas franceses chegaram hoje ao Líbano, a pedido das autoridades locais, para ajudar na busca pelo avião da companhia Ethiopian Airlines que caiu dia 25 de janeiro no litoral do país árabe.

EFE |

Segundo um comunicado da embaixada da França em Beirute, o grupo possui equipamentos capazes de detectar sinais acústicos que ajudarão a localizar as caixas pretas do Boeing 737-800, que levava 90 pessoas a bordo.

Dois dias depois do acidente, fontes militares anunciaram que um navio americano que cooperava nos trabalhos de busca tinha encontrado as caixas pretas do avião no fundo do mar, a uma profundeza de aproximadamente 1.300 metros.

Horas depois, foi esclarecido que eram apenas ondas que poderiam provir dos objetos.

O grupo francês começará a auxiliar as autoridades libanesas na próxima sexta, assim que receber o equipamento para trabalhar. O país sempre esteve presente nas buscas pela aeronave.

Até agora apenas 14 corpos foram recuperados, assim como restos de outros 20.

Está prevista para chegar a Beirute em breve a embarcação americana de exploração subaquática Odyssey Explorer, que possui um robô capaz de levantar grandes pesos.

As buscas foram intensificadas hoje, já que uma tempestade prevista para amanhã pode prejudicar os trabalhos. EFE.

ks/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG