Especialistas em computação lançaram um programa que corrige uma falha de segurança nos navegadores da internet. A falha permitia que criminosos redirecionassem os usuários para páginas falsas, mesmo quando digitavam o endereço correto no navegador.

Isso fazia com que os usuários navegassem por páginas falsas de bancos e cartões de crédito, se sujeitando ao golpe conhecido como phishing, que leva usuários a passar, sem saber, dados bancários e financeiros a terceiros.

Grandes empresas como a Microsoft estão distribuindo o software que corrige a falha.

"As pessoas devem ficar preocupadas, mas elas não precisam entrar em pânico", disse o especialista Dan Kaminsky, um dos especialistas que descobriu a falha.

Segundo ele, esse tipo de problema é inédito.

Ele descobriu a falha há seis meses ao navegar pelo Domain Name System (DNS), um sistema que é usado para converter endereços da internet em seqüências numéricas.

Ao burlar o DNS, criminosos redirecionavam endereços para sites falsos de bancos, onde os usuários acabavam revelando dados pessoais, como senhas bancárias.

Em março, Kaminsky reuniu grandes empresas de computação - como Microsoft, Sun e Cisco - e formou uma equipe para investigar uma solução para o problema.

"Isso nunca foi feito antes e é uma grande tarefa", disse ele.

Os especialistas não têm certeza de quantas vezes a falha dos navegadores foi usada. Os usuários devem receber a atualização automaticamente.

A Microsoft lançou a atualização na terça-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.