Especialistas baixam nível de alerta de vulcão colombiano

Bogotá, 15 abr (EFE) - As autoridades vulcanológicas da Colômbia reduziram hoje de vermelho para laranja o nível de alerta sobre o vulcão Nevado del Huila, que, por volta de meia-noite da segunda-feira (hora local), registrou vários movimentos sísmicos e de erupção de gases e cinzas. O sistema vulcânico entrou em um relaxamento temporário, com uma baixa gradativa no número de eventos e de energia liberada, informou o Instituto Colombiano de Geologia e Mineração (Ingeominas). O centro explicou em comunicado divulgado em Bogotá que são condições que correspondem ao nível II de atividade, ou seja, de erupção provável em questão de dias ou semanas. Isso causou alívio para os cerca de 15 mil aldeões de seis localidades dos departamentos de Huila e Cauca (sudoeste) que formam a população de risco da cúpula vulcânica, situada cerca de 240 quilômetros da capital colombiana e com uma altitude de 5.364 metros sobre o nível do mar.

EFE |

O Ingeominas explicou que o vulcão apresentou desde as 23h de segunda (1h de terça de Brasília) até as 3h (5h) cerca de 300 eventos sísmicos, dois deles com magnitudes de 3,0 e 3,7 graus na escala aberta de Richter.

Os especialistas do Observatório Vulcanológico e Sismológico de Popayán, a capital do departamento de Cauca, não puderam sobrevoar hoje a montanha vulcânica, que permaneceu coberta por nuvens devido ao tempo chuvoso que predominou na região. EFE jgh/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG