Especialista afirma que sistema de caixas-pretas é obsoleto

Independente se forem encontradas ou não as caixas-pretas, a catástrofe do voo A447 deve demonstrar que esta tecnologia está obsoleta e pode ser substituída pela transmissão de dados por satélite em tempo real, afirma Pierre Jeanniot, um dos criadores do conceito destes registros de voo.

AFP |

Há 40 anos, este ex-diretor da companhia Air Canada e da Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA) foi uma das pessoas que conceberam as caixas-pretas.

"Agora posso dizer com conhecimento de causa que são obsoletas, porque a tecnologia evoluiu", declarou à AFP.

"A transmissão a partir dos aviões por satélite é muito mais econômica do que era há 10 anos. Atualmente é possível transmitir tudo, diretamente, desde o voo, no caso de problema", disse.

Segundo Jeanniot, um sistema de transmissão automática, por meio de um satélite, dos registros de dados de voo já existe e deveria se tornar geral. Isto permitiria, no caso de acidente, recuperar tudo instantaneamente, ao invés de procurar na selva ou no fundo do mar as caixas-pretas.

"O avião começaria a emitir quando acontecesse uma falha. E é possível programar o sistema para que, no caso de anomalia grave, transmita sem parar, todos os dados e todas as gravações com as vozes dos pilotos. É bastante simples".

"Quando se calculam os custos da busca das caixas-pretas no fundo do oceano, é um valor fenomenal. Milhares de horas de aviões, de helicópteros, de navios. Nesta ocasião, há inclusive um submarino nuclear operando no Brasil. E no fim pode ser que não exista informação", destacou.

"Com a transmissão por satélite, é possível recuperar tudo instantaneamente. Teria sido possível saber exatamente onde caiu a aeronave. É possível imaginar como é difícil para as famílias passar meses e meses, às vezes até anos, sem saber o que aconteceu realmente", completou.

Consultado pela AFP, Gerard Arnoux, presidente do sindicato de pilotos da Air France, afirmou que esta opção lhe parece "totalmente inteligente".

mm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG