Espanha registra 1o déficit orçamentário em quatro anos

MADRI (Reuters) - O desempenho do setor público da Espanha caiu mais que o esperado, registrando um déficit de 3,8 por cento do Produtor Interno Bruto (PIB) durante 2008, mas o governo informou que espera trazer o déficit fiscal de volta para o teto europeu de 3 por cento até 2011. O Ministério da Economia da Espanha previu um déficit equivalente a 3,4 por cento do PIB em 2008, seguindo um recorde de superávit de 2,2 por cento em 2007, que foi o segundo maior na zona do euro.

Reuters |

"Nós esperamos restabelecer as contas fiscais em um período relativamente curto", disse o secretário do Tesouro, Carlo Ocana, durante coletiva de imprensa nesta terça-feira, após anunciar o primeiro déficit orçamentário em quatro anos à medida que a economia do país foi prejudicada pela recessão.

"O déficit público é sustentável", disse ele, acrescentando que o governo espera um déficit de 5,8 por cento do PIB este ano para depois recuar para perto de 3 por cento até 2011.

A Comissão Europeia iniciou uma ação disciplinar contra a Espanha e outros cinco países da União Europeia por excederem o teto orçamentário da UE de 3 por cento do PIB.

A Comissão, e a maioria dos economistas privados, espera que a economia da Espanha encolha novamente em 2010 e considera a previsão do governo de 1,2 por cento de crescimento do próximo ano como um pensamento sonhador.

Carlos Maravall, economista da consultoria Analistas Financieros Interncionalaes, não acredita na capacidade do governo de cortar seu déficit. "Nós esperamos um déficit de 6,3 e 6,4 por cento em 2009 e 2010", disse ele.

A Comissão Europeia espera um aumento do déficit da Espanha para 6,2 por cento do PIB em 2009, antes de recuar para 5,7 por cento em 2010.

(Reportagem de Andrew Hay)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG