Espanha receberá 1 palestino e 1 iemenita da prisão de Guantánamo

Madri, 23 jan (EFE).- A Espanha receberá dois presos da prisão americana de Guantánamo, um iemenita e um palestino, que chegarão ao país nas próximas semanas, informaram hoje à Agência Efe fontes do Governo.

EFE |

O país atende a um pedido de ajuda do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para auxiliar no fechamento da penitenciária na qual desde 2001 estão reclusos suspeitos de envolvimento com a Al Qaeda e os talibãs.

Dos 200 prisioneiros em Guantánamo, pelo menos 90 são iemenitas.

A Casa Branca suspendeu o envio de prisioneiros ao Iêmen depois da descoberta que alguns dos libertados de Guantánamo se alistaram na rede da Al Qaeda naquele país.

No dia de Natal, um cidadão nigeriano supostamente treinado no Iêmen tentou explodir uma bomba em um avião que seguia para a cidade americana de Detroit.

A Espanha se une aos países da União Europeia que aceitaram acolher presos de Guantánamo, como a França, Itália, Portugal, Irlanda, Eslováquia e Hungria.

Obama havia estipulado como meta fechar Guantánamo até 22 de janeiro, mas dificuldades jurídicas e técnicas obrigaram o adiamento. EFE cpg/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG