Espanha propõe 0,7% do PIB a tecnologia contra mudança climática

Nações Unidas, 22 set (EFE).- O presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, propôs hoje nas Nações Unidas que os países industrializados destinem 0,7% de seu Produto Interno Bruto (PIB) à tecnologia e pesquisa para combater a mudança climática.

EFE |

Zapatero, que participou da reunião de alto nível sobre mudança climática realizada na sede da ONU, fez uma chamada à comunidade internacional para compartilhar esses recursos e desenvolver de forma conjunta, e a um menor custo, tecnologias não intensivas em carbono.

O discurso de Zapatero na cúpula ocorreu a portas fechadas e foi a secretária de Estado para a Mudança Climática, Teresa Rivera, que explicou que esse 0,7% - porcentagem semelhante ao compromisso de ajuda ao desenvolvimento - se concentraria em desenvolver e pesquisar energias renováveis, projetos vinculados à água e sistemas de alarme antecipado sobre os efeitos da mudança climática. EFE nl/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG