Espanha prende 8 brasileiros em rede de prostituição

A polícia de Barcelona, na Espanha, prendeu dez pessoas, entre elas oito brasileiros, acusados de traficar mulheres e travestis para fins de prostituição dentro do país. Segundo a polícia, a quadrilha captava mulheres e travestis no Brasil e oferecia trabalho na Espanha.

BBC Brasil |

As vítimas se comprometiam a pagar 3 mil euros (cerca de R$ 7,5 mil) pelas dívidas da viagem.

Elas eram orientadas em como lidar com os oficiais de imigração e entravam no país com seus documentos originais.

Uma vez no país, as moças e os travestis eram informados de que a dívida havia dobrado de valor, e obrigados a se prostituir em casas de Barcelona.

A polícia disse que não pode informar onde a quadrilha atuava no Brasil porque as investigações, que começaram em outubro do ano passado, ainda estão sendo realizadas.

Além dos brasileiros, foram presos um uruguaio e um espanhol. O grupo está sendo acusado de favorecimento de imigração ilegal, falsificação de documentos e estelionato.  

Leia mais sobre: Imigração

    Leia tudo sobre: imigração

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG