Espanha prende 17 por apoio à Al Qaeda no Magrebe Islâmico

Madri, 20 mai (EFE).- Dezessete pessoas foram detidas hoje na cidade espanhola de Bilbao, entre elas um menor, acusadas de financiar a organização Al Qaeda no Magrebe Islâmico, informaram à Agência Efe fontes da investigação.

EFE |

Todos eles faziam parte de uma célula dedicada ao trafico de drogas, falsificação de cartões e roubos, com os quais financiavam o grupo terrorista.

Os detidos, todos do sexo masculino, são em sua maioria marroquinos, mas também há alguns argelinos, informaram as fontes, que indicaram que a operação continua aberta.

O grupo Al Qaeda para o Magrebe Islâmico é, desde 2007, o sucessor do Grupo Argelino Salafista para a Pregação e o Combate (GSPC), que durante os últimos anos perpetrou diversos atentados terroristas na Argélia e que, por sua vez, é uma cisão do Grupo Islâmico Armado (GIA). EFE cdp/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG