Espanha prende 121 por pedofilia na internet

A polícia espanhola prendeu 121 pessoas no que descreveu como a maior operação contra pornografia infantil na internet já realizada no país. As prisões, feitas nos últimos sete dias, são parte de uma longa operação que começou em julho do ano passado e que, segundo informações inicias, contou com ajuda da polícia brasileira.

BBC Brasil |

Milhões de imagens de crianças foram apreendidas em uma série de batidas em todo o país, que revelaram também uma rede que abrange 75 países.

A polícia diz que dois dos detidos estavam usando seus próprios filhos para produzir material pornográfico.

Outras 96 pessoas foram indiciadas por possuir e distribuir pornografia infantil.

Apreensões
Entre os detidos - alguns deles estrangeiros vivendo na Espanha - estão bancários, porteiros e pilotos de avião.

Cerca de 800 policiais foram usados na operação, conduzindo 210 batidas em 42 províncias que resultaram na apreensão de "milhões de arquivos de vídeo e fotografias, alguns mostrando abuso extremamente cruel de menores", segundo a polícia.

Foram apreendidos também 347 discos rígidos, quase dois mil CDs e DVDs e 36 laptops.

As autoridades espanholas dizem que a investigação revelou uma grande rede internacional de pedofilia envolvendo 18 mil endereços de IP no mundo.

Essas pistas serão agora seguidas através da Interpol, a rede policial internacional.

A operação eleva para 1,2 mil o número de pessoas presas por pornografia infantil na Espanha nos últimos cinco anos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG