Espanha nega asilo a filho de Bin Laden

O governo espanhol rejeitou o asilo político solicitado por um filho de Osama Bin Laden, ao considerar que sua vida não corre um autêntico perigo no Egito, como alega, disse à AFP uma fonte ligada a Omar que preferiu não ter o nome divulgado.

AFP |

Omar, o filho de Osama Bin Laden que pediu ao pai para abandonar a violência, solicitou asilo político à Espanha porque suas convicções pacifistas põem sua vida em perigo no Oriente Medio, havia afirmado pouco antes a mesma fonte.

Agora, Omar Bin Laden, de 28 anos, tem 24 horas para apelar da decisão.

ds/gr/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG