Milhares de pessoas protestaram neste sábado nas ruas de Bilbao (norte da Espanha) contra a decisão do Supremo Tribunal de tornar ilegais dois partidos políticos independentistas bascos.

Com cartazes que pediam "Liberdade para Euskal Herria", os manifestantes da esquerda independentista basca protestavam contra a medida judicial que proibiu a Ação Nacionalista Basca (ANV) e o Partido Comunista das Terras Bascas (PCTV), devido a suas relações com o Batasuna, braço político do ETA.

Entre os participantes estavam o presidente da ANV, Kepa Bereziartua, e Arnaldo Otegi, antigo porta-voz do Batasuna, ilegal desde 2003 por se negar a condenar a violência e por seus vínculos com a organização armada ETA, que já matou 820 pessoas em 40 anos de atividade terrorista.

ds/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.