Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Espanha lembra centenário da morte de Machado de Assis

Sevilha (Espanha), 6 dez (EFE).- A Espanha lembra o centenário da morte de Machado de Assis com a publicação do romance O alienista, obra em que o escritor oferece um mosaico da sociedade de seu tempo, com personagens emblemáticos do Brasil arcaico.

EFE |

Em conversa com a Agência Efe, Pablo del Barco, professor da Universidade de Sevilla e tradutor dos principais trabalhos de Machado de Assis, definiu o autor como um dos grandes escritores em português de todos os tempos, e o principal do realismo brasileiro.

"'O alienista' faz parte de um momento-chave na obra de Machado de Assis, no qual passa do romantismo a um realismo com uma linguagem mais moderna", assinalou.

Del Barco ressaltou que o mundo anglo-saxão está lembrando mais que o hispânico o centenário da morte de Machado de Assis, e assegurou que a transcendência literária de sua obra só não foi maior por estar escrita em português.

"Tem o grande problema da língua, como a maioria dos autores portugueses de sua época", apontou. EFE av/rr

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG