Lisboa, 13 jan (EFE).- Espanha e Portugal querem que 2009 e 2010 sejam anos de relançamento da América Latina na Europa, através das cúpulas e reuniões políticas que ocorrerão nos dois países e da Presidência espanhola da União Européia (UE).

A secretária de Estado espanhola para região ibero-americana, Trinidad Jiménez, informou que se reuniu hoje com membros do Governo português, Madri e Lisboa colaboram estreitamente para impulsionar o espaço de cooperação e a comunidade ibero-americana, que realizará a próxima cúpula na localidade de Estoril, em Portugal.

Jiménez quer impulsionar o triângulo UE-América Latina-Estados Unidos com a futura Administração de Barack Obama, disse aos jornalistas na capital portuguesa.

Ela destacou que promover os acordos com a região será uma das prioridades da Presidência espanhola da UE, que começará em janeiro de 2010.

A secretária de Estado se reuniu hoje com o ministro de Exteriores de Portugal, Luis Amado, e com o secretário de Estado de Assuntos Exteriores e Cooperação, Joao Cravinho, e teve ainda um encontro com os embaixadores latino-americanos credenciados em Lisboa.

Nas reuniões, foram trocados pontos de vista sobre as relações entre a UE e a América Latina visando à Cúpula de Estoril, que será realizada em 30 de novembro e 1º de dezembro, e os encontros prévios de ministros que ocorrerão ao longo dos próximos meses.

O lema da cúpula é "inovação e conhecimento", e no encontro serão discutidos o desenvolvimento ambiental, as energias renováveis, as infra-estruturas e a educação.

A secretária de Estado espanhola para a região ibero-americana informou que, em 2010, ocorrerá a cúpula bienal entre UE e América Latina, cuja edição anterior foi realizada no ano passado em Lima.

Ela destacou a maior homogeneidade de sistemas políticos e econômicos na América Latina, que facilita a interlocução e a coordenação de ações e os processos de integração. EFE ecs/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.