Espanha diz que presos de Guantánamo poderão trabalhar

Madri, 23 fev (EFE).- A Espanha informou hoje que os detentos que receber da prisão americana de Guantánamo (Cuba) terão permissão de residência e o direito a trabalhar.

EFE |

A informação foi dada pelo ministro do Interior, Alfredo Pérez Rubalcaba, que foi questionado hoje no plenário do Senado pela bancada opositora sobre a situação legal dos presos que eventualmente forem recebidos.

"Eles viverão na Espanha de forma absolutamente ajustada ao direito, com uma permissão de residência e com a possibilidade de trabalhar e, naturalmente, garantiremos a segurança do conjunto dos espanhóis", assegurou.

No último dia 15, o chanceler espanhol, Miguel Ángel Moratinos, anunciou que seu país poderia receber até cinco presos de Guantánamo. EFE jav/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG