Espanha diz que ETA não tem infra-estrutura no sul do país

Madri, 29 jul (EFE).- O ministro do Interior espanhol, Alfredo Pérez Rubalcaba, considerou hoje que não há provas suficientes que o leve a acreditar que a organização separatista ETA tenha uma infra-estrutura estável na região da Andaluzia (sul), onde na noite passada explodiu uma bomba sem deixar feridos.

EFE |

O ministro fez esta afirmação após a explosão ontem à noite de uma pequena bomba na região turística de Torremolinos, na província de Málaga.

"Isso quer dizer que a ETA tem uma infra-estrutura estável na Andaluzia? De maneira nenhuma. Não, não quer dizer isso. Também não digo o contrário", assegurou Rubalcaba em coletiva de imprensa.

A ETA, que assassinou mais de 800 pessoas em sua reivindicação da independência para o País Basco, retomou no último dia 20 com a explosão de quatro artefatos em Cantábria, no norte do país, sua habitual campanha de verão, que mantém há quase 30 anos colocando bombas em zonas turísticas. EFE nac/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG