Espanha detém 11 pessoas por exploração sexual, sobretudo de brasileiras

Mulheres brasileiras eram forçadas a se prostituir em estabelecimento de Mallorca, leste espanhol

EFE |

A polícia espanhola prendeu 11 pessoas em Mallorca, no leste da Espanha, entre elas quatro brasileiros, por pertencerem a uma rede de exploração sexual de mulheres, principalmente brasileiras que atuavam em um clube dessa turística ilha mediterrânea.

Segundo informou polícia espanhola, os detidos capturavam mulheres no Brasil que, assim que chegavam ilegalmente a Mallorca, eram obrigadas a se prostituir.

No clube, também se prostituíam outras mulheres de maneira voluntária, indicou a polícia em comunicado.

Os detidos são acusados de favorecimento da imigração ilegal para a exploração sexual, tráfico de drogas e formação de quadrilha.

Entre eles, estão o proprietário do clube, sua companheira, o "fornecedor" das mulheres e quatro brasileiros. Após as investigações, a polícia comprovou que esta organização também fornecia drogas aos clientes e prostitutas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG