Espanha confirma identidade de membros do ETA presos na França

Madri, 17 nov (EFE).- A Guarda Civil espanhola confirmou oficialmente que os dois detidos hoje na França são Garikoitz Aspiazu, conhecido como Txeroki e apontado como chefe dos comandos militares do grupo terrorista basco ETA, e a acusada de integrar a organização Leire López Zurutuza.

EFE |

As identidades foram informadas à Agência Efe por investigadores, que acrescentaram que elas foram confirmadas pela Guarda Civil graças ao exame das impressões digitais dos dois detidos.

Txeroki e López Zurutuza foram presos hoje de madrugada em uma casa em Cauterets, próximo a Lourdes, na França, e à fronteira com a Espanha, em uma operação das forças de segurança francesas em colaboração com a Guarda Civil.

As fontes consultadas destacaram que durante a busca na casa, foram encontrados vários documentos de identidade falsos de nacionalidades britânica, francesa e espanhola, assim como uma carteira de motorista do Reino Unido.

Na casa, onde a Polícia continua a buscar mais provas, também foram encontradas duas pistolas, dois computadores, vários pen drives, mapas das regiões de Biarritz e Anglet (no País Basco francês), dinheiro e roupas. EFE lss/wr/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG