Espanha confirma 10 casos de gripe suína e estuda outros 70

(atualiza com novo número de casos investigados). Madri, 29 abr (EFE).- O Governo espanhol confirmou hoje que o número de pacientes com gripe suína no país já está dez, entre os quais se encontra uma pessoa que não viajou ao México e que foi infectada na Espanha, e que há outros 70 casos em estudo.

EFE |

Os dados foram revelados na Câmara Baixa do Parlamento pela ministra de Saúde e Política Social espanhola, Trinidad Jiménez, em um pronunciamento no qual usou reiteradamente o termo "nova gripe", recomendado pelas autoridades européias para se referir à doença.

A gripe, explicou, "não se transmite por consumir carne de porco nem produtos derivados do mesmo".

Em Barcelona, nordeste, a conselheira regional de Saúde, Marina Geli, explicou que a pessoa infectada na Espanha é namorado de uma das estudantes que contraiu a doença durante uma viagem recente ao México.

Na Espanha, o contágio aconteceu devido a um contato "muito próximo e íntimo" do casal, um tipo de transmissão que "era de se esperar", explicou a conselheira, que não descarta novos casos similares.

O Ministério da Saúde espanhol informou que, além dos dez casos confirmados, existem outros 70 "em estudo" em 13 regiões, mas nenhum deles grave.

Quanto aos casos confirmados, a Catalunha lidera as ocorrências, com seis; em Castela-La Mancha, há dois; e em Valência e no País Basco, um em cada região. EFE nac/rr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG