Espanha atua por aliança estratégia entre UE e A.Latina

Madri, 30 abr (EFE).- O Governo está trabalhando para fazer uma "aliança estratégica" entre a União Europeia e América Latina com "compromissos sérios" e sobre a base da integração, a coesão territorial, a inovação, o desenvolvimento sustentável, a inclusão social e a rejeição ao protecionismo.

EFE |

Madri, 30 abr (EFE).- O Governo está trabalhando para fazer uma "aliança estratégica" entre a União Europeia e América Latina com "compromissos sérios" e sobre a base da integração, a coesão territorial, a inovação, o desenvolvimento sustentável, a inclusão social e a rejeição ao protecionismo. A afirmação é do secretário de Estado para a União Europeia (UE), Diego López Garrido, durante o encerramento do seminário sobre essa aliança, que ocorreu ontem e hoje na Casa da América de Madri, organizado por duas organizações. O encontro acontece a poucos dias Cúpula UE-América Latina e Caribe, que será realizada em 18 de maio, em Madri, no marco da Presidência espanhola da União Europeia. A necessidade de aprofundar em uma "autêntica associação estratégica" e a promoção da coesão social como principal contribuição à aliança entre a UE e América Latina são dois das principais conclusões deste encontro, que também apostou pelos acordos comerciais com Mercosul e a América Central. Por sua vez, o vice-presidente do Parlamento europeu Miguel Angel Martínez, eurodeputado socialista, assinalou que a aliança estratégica entre a UE e América Latina "é algo que necessitamos, podemos e devemos fazer" e defendeu por assumir compromissos nesse sentido. EFE bal/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG