Espada da estátua de Simón Bolívar é roubada na Venezuela

A espada empunhada pela estátua do herói sul-americano Simón Bolívar na cidade de San Cristóbal (650 kms de Caracas) foi roubada, informou a imprensa local nesta quarta-feira.

AFP |

A estátua estava na praça Bolívar de San Cristóbal, a principal da cidade, e o roubo está sendo investigado pela polícia regional.

O episódio deixou os moradores desconcertados e o jornal La Nación, principal da cidade, classificou os ladrões de "desalmados".

Simón Bolívar (1783-1830), o maior herói venezuelano, libertou da colônia espanhola cinco nações americanas: Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia, essa última nomeada em sua homenagem.

Em quase todas as cidades da Venezuela existe uma praça Bolívar com uma estátua do Libertador, geralmente representado a cavalo com uma espada.

nn/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG