ESMA Argentina se transforma em primeiro centro mundial de DH (Unesco)

A Escola de Mecânica da Armada (ESMA), símbolo da repressão da ditadura argentina (1976-1983), abrigará o primeiro centro mundial de promoção dos direitos humanos, anunciou nesta sexta-feira em Buenos Aires o diretor da Unesco, Koichiro Matsura.

AFP |

"Firmamos o acordo para a criação do primeiro centro internacional para a promoção dos direitos humanos no prédio onde funcionava a ESMA, emblema do terror durante a ditadura", disse Koichiro, depois de assinar o documento junto com a presidente argentina Cristina Kirchner.

A presidente assegurou que a inauguração do centro representa "o canto vitorioso sobre os que quiseram ocultar a verdadeira história", numa cerimônia no prédio da ESMA, na zona norte de Buenos Aires.

A ESMA, convertida em 24 de março de 2004 num Espaço da Memória, foi o maior centro clandestino de detenção da ditadura e por suas celas passaram 5.000 prisioneiros políticos, dos quais apenas cem sobreviveram.

sa-lt/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG