Praga, 19 jan (EFE).- A Eslováquia chegou a um acordo com os Estados Unidos para receber três detentos da prisão de segurança máxima de Guantánamo (Cuba), segundo informou hoje em Bratislava o canal de TV SME.

"Não são delinquentes, não foram condenados e nem enfrentaram um processo penal", disse ao canal o ministro de Assuntos Exteriores eslovaco, Miroslav Lajcak.

Os presos terão que participar de aulas de eslovaco durante 18 meses e depois buscarão trabalho no próprio país. Os custos da operação e o local onde os presos ficarão ainda não foram informados.

Outros membros da União Europeia (UE), como Hungria, Itália e França, também chegaram a acordos com os EUA para acolher presos de Guantánamo. EFE gm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.