Eslováquia desculpa-se com Irlanda por deixar passar explosivo no aeroporto

A polícia eslovaca pediu desculpas nesta quarta-feira por uma falha em um teste de segurança no aeroporto de Poprad (nordeste), que levou um eslovaco, totalmente alheio à operação, a introduzir sem saber um explosivo na Irlanda.

AFP |

"Foi um erro de um policial que se esqueceu de retirar o explosivo depois de descoberto por um cão treinado, durante um exercício de segurança no aeroporto de Poprad, sábado", afirmou Tibor Mako, diretor da polícia de fronteiras eslovaco.

"O explosivo ficou acidentalmente na mochila de um cidadão eslovaco, que o levou sem saber para seu apartamento em Dublin", informou Poprad em entrevista à imprensa.

A polícia irlandesa apreendeu o material em casa do eslovaco. Eram 90 gramas de RDX, explosivo militar muito potente.

A intervenção se fez depois que as autoridades de Bratislava contactaram a polícia do aeroporto de Dublin.

O passageiro, um eletricista eslovaco de 49 anos que trabalha na Irlanda há três anos, foi detido, primeiro, em virtude da lei antiterrorista, sendo depois liberado sem acusação, após um interrogatório de três horas.

"Lamentamos absolutamente ver nossos esforços para controlar a segurança do transporte aéreo civil fracassar de maneira tão negativa", disse Mako, acrescentando que a polícia eslovaca vai desistir de exercícios desse tipo.

jma/sd/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG