Escritor israelense é ferido em atentado contra sua casa

Jerusalém, 25 set (EFE).- O premiado escritor e professor israelense Zeev Sternhell, que defende a paz com os palestinos, ficou levemente ferido na madrugada desta quinta-feira na explosão de uma bomba de fabricação caseira em frente a sua casa em Jerusalém, informa hoje o diário Jerusalem Post em sua versão digital.

EFE |

A explosão aconteceu quando Sternhell saiu da casa para fechar um portão, por volta da 1h local (19h de quarta-feira em Brasília).

O escritor ficou levemente ferido nas pernas, e foi internado imediatamente em um hospital local.

A Polícia acredita que o ataque tem motivos ideológicos, e que pode ter sido perpetrado por algum grupo de extrema direita, possivelmente vinculado ao movimento colono, acrescentou o "Jerusalem Post".

"A extrema direita representa um perigo existencial para a democracia israelense", disse o presidente da ONG pacifista Peace Now, Yariv Oppenheimer.

Sternhell, de 73 anos e nascido na Polônia, é professor na Universidade Hebraica de Jerusalém.

Além disso, é considerado um dos maiores especialistas do mundo em fascismo e recebeu este ano o "Prêmio Israel", por sua dedicação às pesquisas no campo das ciências políticas.

Colaborador habitual do prestigioso diário "Ha'aretz", é conhecido por suas duras críticas aos colonos israelenses, que chegaram há alguns meses procuraram o Tribunal Superior de Justiça para tentar impedir que Sternhell recebesse o "Prêmio Israel". EFE aca/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG