Escolas superam chuva e levam alegria ao sambódromo de SP

São Paulo, 13 fev (EFE).- As escolas de samba de São Paulo superaram os estrago causados pelas fortes chuvas na maior cidade do Brasil e conseguiram levar hoje alegria e diversão ao primeiro dia de desfiles do Carnaval paulistano.

EFE |

Após mais de 40 dias seguidos de chuva que afetaram a rigorosa rotina de ensaios prévios para o segundo maior carnaval do país em sambódromos, as escolas sofreram também com as perdas de material e destruição de parte das decorações usadas nas fantasias.

No entanto, o espírito carnavalesco e a habilidade dos coreógrafos prevaleceu sobre os fatos que precederam a festa em São Paulo.

As cores, a magia, a música, a dança, os carros alegóricos, as fantasias e os passos de samba voltaram mais uma vez a cativar os 26 mil espectadores que lotaram o sambódromo do Anhembi e outros milhares que acompanharam os desfiles pela televisão.

Na primeira noite de desfiles do Grupo Especial, as escolas Rosas de Ouro, Unidos de Vila Maria, Acadêmicos de Tucuruví e Vai-Vai destacaram-se e disputaram o título de melhor escola do Carnaval paulista neste ano.

A chuva foi fraca no primeiro dia de desfiles e decidiu se ausentar para colaborar com a festa.

O primeiro desfile correspondeu à escola Imperador de Ipiranga com uma recriação que homenageou a medicina durante os 530 metros de percurso na passarela do samba.

Nenhuma escola ultrapassou o limite máximo de 65 minutos de desfile imposto no regulamento, inclusive as que desfilaram com 4 mil pessoas.

A indústria do ferro, homenageada pela Unidos de Vila Maria, e o cacau, com fortes aromas de essência de chocolate exalados pelos carros alegóricos da escola Rosas de Ouro, foram outros dos temas de destaque no dia.

Logo após o início da manhã e no meio do forte calor, a escola Vai-Vai fechou o primeiro dia de desfiles com uma homenagem aos 80 anos, nos quais a música, além do futebol, marcam sua história de várias vezes campeã.

Entre a noite do sábado e a madrugada de domingo, as outras sete escolas que completam o Grupo Especial desfilarão no Anhembi.

As escolas do Grupo de Acesso, que buscam um lugar na elite de 2011, competirão no domingo e na segunda-feira, paralelamente aos desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro. EFE wgm/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG