Escolas fechadas e circulação perturbada pela neve nos EUA

A neve que vem caindo desde domingo na costa leste dos Estados causou cortes de eletricidade, fechamentos de escolas e perturbações no tráfego aéreo nesta segunda-feira.

AFP |

Mais de 30 centímetros de neve podem cair em alguns estados do nordeste, segundo o serviço meteorológico nacional. As autoridades prevêem as mais fortes quedas, com até 38cm de neve, em Massachusetts, Rhode Island e Connecticut.

Limitada aos estados do leste e do nordeste do país domingo, as tempestades começaram a cair nos estados do sudeste da noite de domingo para segunda-feira.

Em Washington, a neve cai sem parar desde domingo à tarde e a capital federal estava coberta com uma espessa camada branca na manhã desta segunda-feira, provocando importantes lentidões na circulação, constatou um jornalista da AFP.

A maioria das escolas está fechada e cerca de 23.200 casas e empresas estão sem energia elétrica, indicou a radio local WTOP.

O jornal Washington Post estampou na capa uma foto da capital coberta de neve. O prefeito de Washington colocou a cidade em estado de alerta domingo à tarde. As autoridades esperavam quase 25 cm de neve, o que seria a maior queda em três anos.

Em Nova York, as autoridades previam cerca de 36cm de neve e a prefeitura enviou caminhões para tirar a neve e desbloquear as rodovias.

Um responsável das autoridades de saúde da cidade, John Doherty, citada pelo canal NY1, declarou que pode se tratar da maior tempestade do ano, prevendo uma manhã difícil nesta segunda-feira nos transportes.

As quedas de neve perturbavam também o tráfego aéreo. Depois de ter anulado várias centenas de vôos domingo, a companhia aérea Delta Air Lines anunciou em um comunicado que previa anular voos também nesta segunda-feira.

ksh/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG