Escola da Califórnia fecha por possível caso de gripe suína

Por Dan Whitcomb LOS ANGELES (Reuters) - Uma escola da Califórnia fechou nesta segunda-feira depois que um aluno adoeceu com possíveis sintomas da gripe suína, no que seria oitavo caso confirmado da doença no Estado norte-americano.

Reuters |

Autoridades de saúde da Califórnia dizem estar investigando outros 12 possíveis casos.

A Escola Católica Saint Mel, de Fair Oaks, subúrbio de Sacramento, permaneceu fechada enquanto amostras do aluno adolescentes são submetidas a análise do Centro de Prevenção e Controle de Doenças.

A Califórnia já confirmou sete casos dessa gripe, que matou até 149 pessoas no México e ameaça provocar uma pandemia. Todos os casos da Califórnia envolveram formas mais benignas da doença.

"Estamos próximos de poder confirmar um oitavo caso, e estamos acompanhando, segundo minha informação, cerca de uma dúzia de casos adicionais na Califórnia", disse a jornalistas Mark Horton, diretor do Departamento de Saúde Pública da Califórnia.

O aluno do sétimo ano, que não foi identificado, já passou por exames locais que apontaram contaminação pelo vírus "influenza" tipo A, de acordo com Kerry Shearer, porta-voz da Divisão de Saúde Pública de Sacramento.

Todos os sete casos confirmados na Califórnia ocorreram nos condados de San Diego e Imperial, fronteiriços com o México.

(Reportagem adicional de Bernie Woodall)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG