Escândalo de grampos leva à prisão de outro ex-editor do News of the World

Greg Miskiw, que foi ajudante do ex-diretor Andy Coulson, é o 12º detido por envolvimento com escutas do extinto tabloide britânico

iG São Paulo |

Um homem de 61 anos foi detido nesta quarta-feira por ligação com o escândalo das escutas telefônicas ilegais no extinto tabloide britânico News of the World .

Apesar de a Scotland Yard não ter divulgado a identidade do detido, a emissora britânica BBC indicou que se trata de Greg Miskiw, ex-diretor adjunto do News of the World, que fazia parte do conglomerado News Corp. do magnata Rupert Murdoch.

Miskiw, que até pouco tempo morava na Flórida, nos Estados Unidos, foi ajudante de Andy Coulson - ex-porta-voz do primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron - quando ainda era diretor do tabloide, entre 2003 e 2007.

A prisão de Miskiw é a 12ª detenção praticada dentro desse caso. Todos os detidos anteriormente foram soltos sob pagamento de fiança. Entre os detidos, que se encontram em liberdade depois de pagar fiança, estão Coulson e Rebekah Brooks , ex-diretora do jornal e ex-chefe-executiva da News International, braço britânico de News Corp., de Murdoch.

Lucros

Nesta quarta-feira, a News Corp. publicou um lucro anual de US$ 2,74 bilhões, o que representa uma alta de 7,9%. O crescimento ocorreu apesar de o lucro do quarto trimestre ter diminuído 22%, para 683 milhões de dólares, ambos inferiores às previsões do mercado. Em relação ao número de ações, o lucro anual alcançou US$ 1,04, quando os analistas esperavam US$ 1,12, e o volume de negócios registrou uma leve alta de 2%.

Filha de Murdoch

No fim de semana, a News Corp. anunciou que a filha de Murdoch Elisabeth não se unirá à direção da News Corp. , diferentemente do que estava previsto anteriormente.

Elisabeth, 42 anos, indicou aos diretores do grupo que seria "inadequado" se ela integrasse a direção do grupo neste ano. No início deste ano, o próprio Murdoch havia dito que sua filha se uniria aos diretores da News Corp. depois que o conglomerado completasse a compra da produtora de televisão Shine Group, dirigida por ela.

*Com EFE e AFP

    Leia tudo sobre: gramposnews of the worldgrã-bretanharupert murdoch

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG