Escândalo de deputados favorece pequenos partidos no R.Unido

Londres, 2 jun (EFE).- O escândalo das despesas dos deputados britânicos favoreceu os pequenos partidos, que ganharam apoio da população, enquanto as principais legenda sofrem uma queda no respaldo dos eleitores.

EFE |

Uma pesquisa sobre intenções de voto feita pelo instituto ComRes para o jornal "The Independent" revelou hoje que os eleitores - que nesta quinta-feira comparecem às urnas nas eleições locais na Inglaterra e nas europeias - estão retirando seu apoio de trabalhistas e conservadores, os dois principais partidos do Reino Unido.

O Partido Liberal-Democrata, terceira maior legenda britânica, não conseguiu muito avanço no respaldo do eleitorado.

No entanto, legendas como os Verdes, o Partido Independente do Reino Unido (UKIP), o Partido Nacionalista Britânico (BNP), o Partido Nacionalista Escocês (SNP) e o nacionalista galês Plaid Cymru ganharam terreno.

Segundo a enquete do ComRes, o Partido Trabalhista, do primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, obteria um apoio de 22%, uma queda de 4 pontos em relação a outra pesquisa do mês passado, enquanto o Partido Conservador, de David Cameron, perdeu 15 pontos.

No dia 4 de junho, os eleitores estão convocados às urnas para escolher 72 eurodeputados e renovar 34 Governos locais na Inglaterra.

O escândalo dos abusos veio à tona em 8 de maio pelo " Daily Telegraph", que desde então publica diariamente revelações sobre despesas e pedidos de dinheiro indevidos de deputados de todos os partidos.

Segundo o diário, os deputados também reivindicaram verba para comprar comida de cachorro, almofadas, roupas femininas, fraldas e para reformar piscinas. EFE vg/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG