Escaladora sul-coreana desaparece na cordilheira do Himalaia

Seul, 12 jul (EFE).- Uma escaladora sul-coreana de 41 anos desapareceu após cair de uma altura de 6.

EFE |

200 metros quando descia a montanha paquistanesa Nanga Parbat, cuja pico, o nono mais alto da cordilheira do Himalaia, tinha atingido no sábado.

Os demais escaladores que acompanhavam Ko Mim-young e que a viram cair, pediram ajuda ao Governo paquistanês para empreender a busca, informou hoje o patrocinador da escaladora, a Kolon Sport, à agência sul-coreana "Yonhap".

Ko Mim-young já é uma das poucas mulheres no mundo que subiu o Nanga Parbat, de 8.126 metros de altura, e em maio de 2007 se tornou uma das asiáticas que chegaram ao cume do monte Everest. EFE ce-clb/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG