Novas violências foram registradas nesta terça-feira na Caxemira indiana, cenário há várias semanas de manifestações que causaram vários mortos e centenas de feridos, com graves tensões entre hindus e muçulmanos como pano de fundo.

Manifestantes muçulmanos, majoritários nesse território himalaio, apredejaram a polícia na capital de verão, Srinagar, para protestar contra a multiplicação, segundo eles, de agressões cometidas por residentes hindus.

Na véspera, um muçulmano morreu por causa de uma granada de gás lacrimogêneo lançada pela polícia em Srinagar. No mesmo dia, dois hindus foram mortos pela polícia para impedir a destruição de carros em Jammu, capital de inverno de Caxemira.

Nesta terça, os habitantes enfurecidos bloquearam as estradas, incendiaram carros e as forças de ordem dispersaram a multidão com cacetetes e gases lacrimogêneos.

iw/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.