Erupção do vulcão Michimahuida alarma população do sul do Chile

Santiago do Chile, 2 mai (EFE) - A população da província chilena de Palena (sul) acordou alarmada na madrugada de hoje com a erupção do vulcão Michimahuida, informaram as autoridades locais. A erupção do vulcão, de 2.467 metros de altura e situado a apenas 35 quilômetros de Chaitén - a capital de Palena -, começou à 0h30 (1h30 em Brasília), e a localidade e setores limítrofes ficaram cobertos por uma chuva de cinzas, disse o governador de Palena, Fernando Águila, à Radio Cooperativa.

EFE |

As autoridades de Palena, a cerca de 1.300 quilômetros de Santiago, mobilizaram imediatamente as Forças Armadas, a Polícia e os bombeiros para remover os moradores da zona rural próxima ao vulcão, perto do Parque Ecológico Pumalín.

As aulas foram suspensas na região e algumas escolas estão funcionando como abrigos para acolher as pessoas evacuadas.

Segundo as autoridades, a erupção não pegou os moradores da região de surpresa, pois foi precedida por 60 tremores de terra de intensidade média desde a noite de quarta-feira.

O intendente (governador) da região de Los Lagos, Sergio Galilea, viajou na quinta-feira à região para tomar as medidas necessárias em caso de erupção.

A pouca visibilidade impede que vulcanólogos e técnicos do Escritório Nacional de Emergência (Onemi) chileno determinem a dimensão da erupção. EFE ns/wr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG