Santiago do Chile, 21 abr (EFE).- Um erro na transmissão de um canal de televisão de propriedade do presidente do Chile, Sebastián Piñera, gerou centenas de brincadeiras entre internautas.

O equívoco aconteceu na última terça-feira, quando o texto que deveria ser lido pelos apresentadores de um telejornal o apontaram como sendo integrante de uma quadrilha especializada em roubo de caixas eletrônicos, enquanto apareciam imagens do governante junto com outros políticos.

Na leitura do texto, os apresentadores disseram que os "criminosos detidos levavam uma vida de luxo e ostentação", "compravam roupas de marca e viajavam à Europa" frequentemente.

As reações bem-humoradas dos internautas não demoraram a aparecer em redes sociais e sites de vídeos como o Twitter e o Youtube.

O erro aconteceu na mesma semana em que Piñera anunciou a venda do canal, atendendo a pedidos de aliados e opositores políticos.

EFE.

mc/id

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.