Erro de televisão islandesa dispara alarme falso de erupção

Copenhague, 19 abr (EFE).- Um erro da televisão pública islandesa Ruv, que exibiu supostas imagens ao vivo do vulcão Hekla entrando em erupção, quando na realidade se tratava do Eyjafjallajokull, ativo há cinco dias, provocou hoje um alarme falso.

EFE |

"Ruv" corrigiu em seguida o equívoco esclarecendo que a câmera focava de forma acidental o Eyjafjallajokull, cujas cinzas já causaram graves perturbações no tráfego aéreo europeu.

Um porta-voz do Instituto Meteorológico islandês disse à Agência Efe que não tinha sido registrado nenhum movimento anormal no Hekla e que a informação sobre a suposta erupção não havia partido do organismo.

O Hekla, situado também no sul da Islândia a algusn quilômetros do Eyjafjallajokull, é o vulcão mais famoso e mais temido desta ilha situada no Atlântico Norte por sua atividade.

A última vez que o Hekla entrou em erupção foi em 2000.

A preocupação dos analistas diante do perigo de novas erupções se dirige, no entanto, ao Katla, um vulcão situado ao leste do Eyjafjallajokull e com um amplo histórico de atividade, sempre precedida por explosões nos vulcões vizinhos. EFE alc/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG