Equipes resgatam corpos de mineiros após explosão na Colômbia

Socorristas conseguiram retirar os últimos quatro corpos de mina colombiana; explosão deixou 21 mortos

iG São Paulo |

AP
Mulher de um dos mineiros mortos chora em Sardinata, na Colômbia (26/01)
Equipes de resgate resgataram nesta quinta-feira os últimos quatro corpos que restavam dos 21 mineiros mortos na explosão de quarta-feira da mina de La Preciosa, no nordeste da Colômbia, informou a prefeita do município de Sardinata, Yamile Rangel.

As tarefas de resgate haviam sido atrasadas por causa de uma série de desabamentos na mina que se seguiram à explosão, mas os socorristas conseguiram chegar até os corpos, disse Yamile.

Entre a madrugada de quarta e a manhã desta quinta-feira haviam sido resgatados 17 corpos do interior da mina.

Por causa da tragédia, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, decidiu encurtar uma viagem para a Europa e antecipar seu retorno ao país. Santos estava em Davos, onde participava do Fórum Econômico Mundial.

De acordo com as equipes de socorro, os últimos quatro corpos estavam a estimados 1,1 mil metros de profundidade.

O governo colombiano determinou o fechamento da mina até que sejam esclarecidas as causas do acidente. De acordo com a imprensa colombiana, 40 mineiros morreram na mina La Preciosa desde 2007. A jazida está localizada na cidade de Sardinata, que fica no Departamento (Estado) de Norte de Santander, na fronteira com a Venezuela.

Chile

Estava previsto que socorristas chilenos que participaram do resgate de 33 mineiros presos na mina San José, no Chile, no ano passado, colaborassem com as operações na mina La Preciosa.

No Twitter, o ministro de Minas e Energia do Chile, Laurence Golborne, disse sentir "grande pesar" pelos "irmãos colombianos". O ministro chileno da Defesa, Andrés Allamand, disse que os socorristas vão "cumprir uma grande tarefa" e mostrar "como um governo age diante de outro governo amigo".

Com Ansa e AFP

    Leia tudo sobre: mineirocolômbiaminaexplosãochile

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG