PORTO PRÍNCIPE (Reuters) - Onze dias depois do terremoto no Haiti, equipes de resgate da França e dos EUA trabalhavam neste sábado em Porto Príncipe para tentar chegar até um haitiano que está vivo e conversa com os socorristas em meio aos escombros de um edifício que ruiu. Temos a confirmação de uma vítima no edifício. Ele está batendo e conversando, disse à Reuters o bombeiro dos EUA John Boyle, que participa do resgate.

As equipes estavam tentando cavar para chegar até ao sobrevivente, um homem de 24 anos, que está vários metros sob uma massa de escombros de concreto, vigas de madeira e ferro na Rua do Centro, na parte central da cidade.

Ele está sob as ruínas do Hotel Napoli Inn e um supermercado. O irmão dele disse que voltava ao local todos os dias para tentar localizá-lo e chamou uma equipe internacional de resgate.

A ONU informou neste sábado que o governo haitiano declarou encerrada a fase de busca e resgate de sobreviventes, mas algumas operações ainda continuam sendo realizadas.

(Reportagem de Patrick Markey)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.