As equipes de resgate receberam a ordem de entrar na mina de carvão inundada onde 153 trabalhadores estão presos há seis dias no norte da China.

A ordem foi dada depois que os socorristas ouviram, na sexta-feira, batidas nos tubos, o que aumentou as esperanças de sobreviventes na mina de carvão de Wangjialing, na província de Shanxi.

No momento do acidente, 261 trabalhadores estavam na mina de Wangjialiang, mas 108 conseguiram sair sãos e salvos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.