Equipe de remo é primeira do Brasil a chegar em Pequim

Redação Central, 29 jul (EFE).- A equipe brasileira de remo que disputará os Jogos de Pequim chegou hoje à capital chinesa e inaugurou as instalações dedicadas aos atletas do país na vila olímpica da cidade.

EFE |

Os seis atletas do remo e a canoísta de slalom Poliana de Paula já começam a treinar nesta quarta-feira às 10h30 de Pequim (23h30 de terça-feira em Brasília) na raia de Shunyi, onde as competições serão realizadas a partir do dia 9.

Anderson Nocetti, conhecido como Macarrão, competirá no single skiff pesado. O atleta irá para sua terceira edição dos Jogos e disse que a emoção sempre é diferente.

"Os Jogos Olímpicos são um evento sempre diferente. A emoção e a expectativa sempre mudam", disse ao site do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Já o estreante em Jogos Olímpicos Thiago Almeida se disse "muito feliz" ao desembarcar em Pequim.

"Não vejo a hora de começar a competição e saber como vai ser tudo isso", disse.

Thiago Gomes, seu companheiro no double skiff leve, fará sua despedida da seleção brasileira no Jogos, depois de competir também em Atenas.

"Foram 12 anos de dedicação, estou emocionado", afirmou o atleta, que não descarta a possibilidade de surpreender.

"Se fosse numa raia européia, poderia até fazer uma previsão, mas aqui na Ásia, tudo pode acontecer", completou.

Em Pequim, pela primeira vez o número de mulheres igualará o de homens na modalidade. "O trabalho começou há dois anos e nos empenhamos muito", disse a remadora Luciana Granato, do double skiff peso leve, embarcação que estreará nos Jogos Olímpicos.

O chefe da equipe de remo em Pequim, Julio Noronha, se disse satisfeito com o crescimento feminino no esporte e estabeleceu dois objetivos durante e depois de Pequim: "manter a supremacia do Brasil entre os competidores da América Latina e aumentar o número de representantes nos Jogos Olímpicos".EFE ev/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG