Equador vela vítimas de acidente aéreo

QUITO (Reuters) - Está sendo velada na sexta-feira em um recinto militar a maioria das vítimas do acidente aéreo da véspera em Quito, enquanto a população pede a desativação de um aeroporto na periferia da capital equatoriana. Pelo menos sete pessoas morreram, entre elas três militares e uma criança, com o impacto de um pequeno avião de treinamento militar contra edifícios de um bairro da zona norte da cidade.

Reuters |

Foi o quarto acidente com aviões no bairro em 15 anos, o que leva autoridades locais a pedirem a retirada do terminal aéreo dali.

As outras duas pessoas que morreram em terra estão sendo veladas em um cemitério público.

"É preciso ter solidariedade com os familiares das vítimas. Com esse tipo de tragédia a gente se sente realmente pequenininho, impotente", disse o presidente Rafael Correa em um ato público.

Equipes de resgate continuam retirando escombros para procurar mais vítimas e recolher partes do avião.

A prefeitura de Quito decretou luto oficial de três dias.

(Reportagem de Alexandra Valencia)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG