Equador e Chile proporão a criação de uma base da Unasul na Antártida

De acordo com Patiño, o objetivo é que os especialistas dos países-membros, "juntos, como irmãos, desenvolvam a pesquisa científica"

EFE |

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, e o líder do Equador, Rafael Correa, proporão à União de Nações Sul-Americanas (Unasul) estabelecer uma base científica da organização na Antártida, disse nesta quinta-feira o chanceler equatoriano, Ricardo Patiño.

A ideia surgiu durante a viagem que os dois líderes fizeram no início deste mês à Antártida, onde visitaram as bases científicas mantidas pelos dois países.

Patiño, que também participou da viagem, fez o anúncio perante diplomatas, funcionários e representantes de movimentos sociais em discurso para prestar contas de seu ano à frente da Chancelaria equatoriana.

De acordo com Patiño, o objetivo é que os especialistas dos países-membros, "juntos, como irmãos, desenvolvam a pesquisa científica". Em 11 de março a Unasul se transformará em uma organização internacional com vida legal, já que nove países ratificaram seu tratado constitutivo. 

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG