esperança em libertação de reféns das Farc - Mundo - iG" /

Equador diz ter esperança em libertação de reféns das Farc

Quito - O Governo do Equador afirmou hoje que tem esperança na libertação dos reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), e antecipou que poderia tentar criar um vínculo pontual com a guerrilha para conseguir exclusivamente esse objetivo.

EFE |

"Evidentemente, há sinais, há uma esperança de poder restabelecer alguma forma de vínculo com as Farc, com o único objetivo, e nisso queremos ser muito claros, de apoiar o processo humanitário de libertação dos reféns", assegurou a chanceler equatoriana, María Isabel Salvador.

"O Equador vai intervir e colaborar em qualquer ação que aconteça, dentro do marco do direito internacional humanitário, para a libertação incondicional de todos os reféns das Farc", disse Salvador ao site "Ecuadorinmediato".

A insistência do Equador no tema da libertação dos reféns das Farc acontece mesmo após suas investidas terem sido recusadas pelo Governo da Colômbia, que no dia 14 de maio qualificou como "inaceitáveis" os supostos contatos de Quito com a guerrilha para conseguir a libertação da seqüestrada Ingrid Betancourt.

O Equador chegou a expressar que o ataque de tropas colombianas a um acampamento clandestino das Farc na floresta equatoriana, no dia 1º de março, frustrou a libertação de vários reféns, entre eles Betancourt.

A chanceler equatoriana indicou que a Organização dos Estados Americanos (OEA) respalda a investigação do Equador a respeito da incursão militar colombiana de 1º de março, que terminou com a morte do porta-voz das Farc, "Raúl Reyes", e de ao menos outras 25 pessoas.

Leia mais sobre: Farc

    Leia tudo sobre: farc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG