passo rumo à paz - Mundo - iG" /

Equador diz que resgate de Betancourt deve ser passo rumo à paz

San Lorenzo (Equador), 2 jul (EFE).- O ministro de Governo do Equador, Fernando Bustamante, disse nesta quarta-feira que a libertação da ex-candidata presidencial colombiana Ingrid Betancourt, seqüestrada pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), deve ser um passo em direção à paz, e não rumo a mais guerra.

EFE |

Além disso, Bustamante comemorou que o resgate de Betancourt e de outros 14 reféns das Farc pelo Exército colombiano não tenha deixado baixas em nenhum dos dois lados.

"Estamos muito felizes e realizados com o fato de que estas pessoas, vítimas deste execrável crime que é o seqüestro, gozem finalmente da liberdade ao lado de seus familiares", afirmou.

"Desejamos e queremos acreditar que este é um passo em direção à paz, e não rumo a mais guerra", disse o ministro, após assinalar que não espera que a guerrilha das Farc cometa atos de vingança ou tente se refugiar em países vizinhos.

Bustamante disse ainda que é do Governo colombiano "a responsabilidade de reforçar sua fronteira para impedir que as Farc ou qualquer outro grupo armado irregular cruzem as fronteiras para os países vizinhos".

Além disso, afirmou que "seria absolutamente irracional" uma reação violenta da guerrilha, e disse que, após os últimos eventos, as Farc deveriam "liberar todos os seqüestrados em seu poder de maneira incondicional".

Bustamante também reiterou o compromisso do Equador de apoiar um processo humanitário que conduza à libertação de todos os seqüestrados das Farc.

"Os princípios nos quais baseamos nossa política externa seguem sendo os mesmos. Enquanto existir um seqüestrado nós continuaremos dispostos a fazer o necessário para que essa situação inaceitável termine", disse o ministro. EFE fa/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG