Equador descarta 19 suspeitas de gripe suína

Quito, 2 mai (EFE).- A ministra da Saúde equatoriana, Caroline Chang, disse hoje que não há nenhum caso confirmado do vírus da gripe suína no país e disse que os 19 casos que era considerados suspeitos foram totalmente descartados.

EFE |

"No país, não existe nenhum caso confirmado", disse a ministra, ao intervir no relatório semanal de trabalhos emitido pelo presidente equatoriano, Rafael Correa, a partir da zona litorânea do país e que é transmitido por uma rede de rádios e pela televisão pública.

Além disso, a ministra disse que ficou "totalmente descartado" que algum dos 19 casos suspeitos apresentasse o vírus A (H1N1).

"Não existe o vírus no país, não existe nenhum caso confirmado", ratificou, ao lembrar que o Governo adotou medidas, incluindo a declaração do estado de exceção, para mobilizar recursos, a fim de tentar evitar a entrada desse vírus.

Além disso, a ministra disse que, na próxima sexta-feira, chegarão ao país 50 mil doses de remédios para combater a gripe suína, caso seja necessário.

O ministério iniciou uma campanha para informar sobre a gripe suína e para prevenir a propagação de outro tipo de gripe no país.

EFE sm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG