Quito, 17 mai (EFE).- O Governo equatoriano entregou vistos de refugiados a mais de 5.

500 pessoas na primeiras sete semanas da campanha Registro Ampliado, que começou em uma zona fronteiriça com a Colômbia, informou hoje o Ministério das Relações Exteriores do Equador.

"Nas primeiras sete semanas do Registro Ampliado, nos três cantões da província de Esmeraldas foram atendidas mais de 5.500 pessoas, que receberam do Governo equatoriano o visto de refugiado", informou a Chancelaria em comunicado.

Apesar de não ter sido especificada a nacionalidade dos que receberam o visto, o ministério explicou que o programa "procura registrar e regular a situação dos cidadãos e cidadãs colombianas que saíram do país de origem devido à situação de violência que vive a irmã República da Colômbia".

Com esse documento, explicou o comunicado, "estas pessoas ficam registradas em uma base de dados do Governo e, paralelamente, adquirem direitos que permitem obter emprego, ter acesso a serviços de saúde (e) educação, entre outros benefícios". EFE sm/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.