inadmissível pronunciamento da CIA e prepara resposta - Mundo - iG" /

Equador considera inadmissível pronunciamento da CIA e prepara resposta

Quito, 27 fev (EFE).- O Governo equatoriano considerou inadmissível o pronunciamento do novo chefe da CIA (agência de inteligência americana), Leon Panetta, sobre uma eventual instabilidade na Argentina, Equador e Venezuela, e anunciou que prepara uma resposta.

EFE |

O chanceler equatoriano, Fander Falconí, disse nesta sexta-feira em entrevista coletiva que a declaração de Panetta "chamou profundamente a atenção" do Governo, por isso que prepara uma resposta.

Falconí explicou que a Chancelaria preparou várias propostas, que não revelou, para que sejam analisadas pelo presidente do país, Rafael Correa, que emitirá nos próximos dias a resposta oficial do Equador perante esse relatório da CIA.

O chanceler destacou a atitude do Governo da Argentina, que apresentou uma queixa diplomática pelo relatório, embora não tenha precisado se a resposta equatoriana irá nesse mesmo sentido.

Falconí disse que, apesar dos efeitos da crise financeira mundial, a economia equatoriana é "saudável e estável", e que por isso não estão previstas repercussões de instabilidade política. EFE fa/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG